Lisaac

Sementes de vida, ������© tempo de semear

Arquivo por categoria: EVANGELHO DE HOJE

Evangelho do dia, leitura, reflexão, Palavra do Senhor

jan 16

NO EVANGELHO, A FORÇA PARA A CAMINHADA!

bíblia-6

2ª SEMANA DO TEMPO COMUM – ANO B – TERÇA-FEIRA – 16/01/2018 –

 Evangelho (Mc 2,23-28)

O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo  segundo São Marcos.

— Glória a vós, Senhor.

23 Num sábado Jesus caminhava entre as lavouras, e os seus discípulos, enquanto andavam, iam colhendo espigas. 24 Então, os fariseus lhe diziam: “Reparas bem o que estão fazendo em dia de sábado? Não é permitido”.25 Ele lhes respondeu: “Nunca lestes o que fez Davi, quando ele e seus companheiros se viram em necessidade por causa da fome? 26 Como entrou na casa de Deus, no tempo do Sumo Sacerdote Abiatar, e comeu os pães da oferta, que só os sacerdotes podiam comer, e até os deu aos companheiros?”. 27 E lhes disse ainda mais: “O sábado foi feito para o homem, e não o homem para o sábado. 28 Por isso o Filho do homem é senhor também do sábado”. 

–– Palavra da salvação!

— Glória a vós, Senhor.

REFLEXÃO:

O sábado foi feito para o homem, e não o homem para o sábado”. (Mc 2,27b). Esta lição de Jesus mostra a compreensão que Ele, o Filho de Deus, tinha da Lei feita por Seu Pai. O Pai ama todas as suas criaturas. Deus ama seu Povo Eleito. Deus não quis que seu Povo vagasse desorientado pelas estradas da vida. Deus não planejou Sua Lei como um fardo para as pessoas. Pelo contrário, deu seus santos Mandamentos como guias sábias, escolhidas, fonte de segurança para os que O amam. Esta compreensão da Lei de Deus não era desconhecida pelo povo de Israel.” (Autor: Pe. Valdir Marques, SJ, Doutor em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma). 

                                

FONTE: http://www.loyola.com.br/liturgia_diaria.asp?dia=15&mes=1&ano=2018

 

jan 15

NO EVANGELHO, A FORÇA PARA A CAMINHADA!

bíblia-6

2ª SEMANA DO TEMPO COMUM – ANO B – SEGUNDA-FEIRA – 15/01/2018 –

 Evangelho (Mc 2,18-22)

O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo  segundo São Marcos.

— Glória a vós, Senhor.

18 Como os discípulos de João e os fariseus estavam jejuando, foram lhe perguntar: “Por que é que os discípulos de João e os discípulos dos fariseus jejuam, e os teus não?”. 19 Jesus lhes respondeu: “Por acaso ficaria bem que os convidados para um casamento fizessem jejum, enquanto o esposo está com eles? Enquanto está, não convém. 20 Mas virá um tempo em que o esposo lhes será tirado. Então sim, eles vão jejuar. 21 Ninguém costura um remendo de pano novo em roupa velha. Do contrário o remendo novo, pelo fato de encolher, estraga a roupa velha e o rasgão fica pior. 22 Ninguém põe vinho novo em velhos recipientes de couro. Caso contrário, o vinho arrebentaria os recipientes. Ficariam perdidos os recipientes e também o vinho. Para vinho novo, recipientes novos!”. 

–– Palavra da salvação!

— Glória a vós, Senhor.

REFLEXÃO:

“Jesus nos surpreende dizendo que seus discípulos não precisam jejuar. Isto é, não jejuavam enquanto Jesus estava com eles neste mundo, mas jejuariam depois que Ele morresse. Não devemos concluir disto que Jesus não desse importância ao jejum. Ele mesmo jejuou por quarenta dias quando foi ao deserto, impelido pelo Espírito Santo, para ser tentado pelo demônio, e preparar-se pela imensa tarefa de sua vida futura para o anúncio e implantação do Reino de Deus.” (Autor: Pe. Valdir Marques, SJ, Doutor em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma).

                                 

FONTE: http://www.loyola.com.br/liturgia_diaria.asp?dia=15&mes=1&ano=2018

 

jan 14

NO EVANGELHO, A FORÇA PARA A CAMINHADA!

BÍBLIA NOVÍSSIMA

2º DOMINGO DO TEMPO COMUM – ANO B – 14/01/2018 –

 Evangelho (Jo 1,35-42) (Testemunho de João)

O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo  segundo São João.

— Glória a vós, Senhor.

35 No dia seguinte, João se encontrava lá de novo, com dois discípulos. 36 Vendo Jesus que ia passando, disse: “Este é o Cordeiro de Deus”. 37 Os dois discípulos o ouviram e seguiram Jesus. 38 Ele se voltou e, percebendo que o seguiam, lhes perguntou: “Que procurais?”. Responderam: “Rabi — que quer dizer Mestre —, onde moras?”. 39 E ele lhes disse: “Vinde e vede”. Eles foram, viram onde morava e ficaram com ele aquele dia. Era por volta das quatro horas da tarde. 40 André, irmão de Simão Pedro, era um dos dois que tinham ouvido o testemunho de João e seguido Jesus. 41 Ele encontrou primeiro a Simão, seu irmão, e lhe falou: “Encontramos o Messias” — o que significa Cristo. 42 Levou-o a Jesus. Quando Jesus o viu, disse: “Tu és Simão, filho de João. Serás chamado Cefas”, nome que significa Pedra. 

–– Palavra da salvação!

— Glória a vós, Senhor.

REFLEXÃO:

Do mesmo modo Deus nos chama, nos dá uma missão neste mundo, e para ela nos capacita de maneira surpreendente. Somos filhos de Deus, cumpridores de nossa missão. Cada um de nós recebe o chamado de Deus de uma maneira muito pessoal. Deus nos conhece mais do que nós nos conhecemos. Ele sabe de que modo nos atrai para Si. Em nosso íntimo sabemos que é assim. Cada um de nós responde a Deus pelo amor que Ele mesmo pôs em nossos corações. Como no chamamento de Samuel, a cada um de nós Deus dá uma missão no meio do Seu Povo Eleito. Mas isto o faríamos unicamente por nossas forças? Pelo contrário, Deus também nos capacita com Seus Dons, para que na Igreja sejamos seu instrumento no seu imenso Plano Salvador de toda a humanidade.” (Autor: Pe. Valdir Marques, SJ, Doutor em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma).

                                  

FONTE: http://www.loyola.com.br/liturgia_diaria.asp?dia=15&mes=1&ano=2018

 

jan 13

NO EVANGELHO, A FORÇA PARA A CAMINHADA!

BÍBLIA - A PALAVRA DE DEUS PARA NÓS

1ª SEMANA DO TEMPO COMUM – ANO B – SÁBADO – 13/01/2018 –

 Evangelho (Mc 2,13-17)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo † segundo São Marcos.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo,13 Jesus voltou de novo para a beira do lago. Todo o povo ia à sua procura, e ele os instruía. 14Passando por lá ele viu Levi, filho de Alfeu, sentado à mesa de cobrador de impostos, e lhe disse: “Segue-me!”. Ele se levantou e se pôs a segui-lo. 15 Na casa dele, quando Jesus estava sentado à mesa, muitos cobradores de impostos tão desprezados e pecadores estavam com Jesus e seus discípulos, porque eram muitos os que o estavam seguindo. 16 Quando os mestres da lei dos fariseus viram que ele comia com os pecadores e publicanos, perguntavam a seus discípulos: “Por que é que ele come e bebe junto com os cobradores de impostos e pecadores?”. 17 Ouvindo isto, Jesus lhes disse: “Não são os que têm saúde que precisam de médico, mas sim os doentes. Não vim chamar os justos, mas os pecadores”. 

–– Palavra da salvação!

— Glória a vós, Senhor.

REFLEXÃO:

Poderíamos responder a estes mestres da Lei, inimigos de Jesus, da maneira mais rápida e direta, porque hoje, mais que eles, sabemos quem é Jesus: Ele comia com os cobradores de impostos e pecadores porque Sua missão divina era precisamente recuperar e salvar quem tinha necessidade da Salvação. Os mestres da Lei tinham obrigação de saber o que significava o nome de ‘Jesus’, isto é ‘Salvador’. Se fossem realmente mestres, teriam chegado a este ponto. Porém, o coração deles estava endurecido. Para eles Jesus era um concorrente na liderança espiritual do Povo Eleito. Eles jamais admitiriam ceder a Jesus a autoridade moral e religiosa que até aquele momento conservavam em benefício próprio.

Sintamos, como pecadores que somos, a bondade e doçura divina de Deus que vem ao nosso encontro na pessoa de Jesus. E a Ele digamos, como na Liturgia Penitencial: “Cristo que viestes salvar os pecadores humilhados, piedade de nós”.” (Autor: Pe. Valdir Marques, SJ, Doutor em Teologia Bíblica pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma). 

                                

FONTE: http://www.loyola.com.br/liturgia_diaria.asp?dia=15&mes=1&ano=2018

 

dez 31

NA LEITURA DO EVANGELHO, A FORÇA PARA A CAMINHADA!

APRESENTAÇÃO DE JESUS NO TEMPLO - 2

SAGRADA FAMÍLIA DE JESUS, MARIA E JOSÉ – 31/12/2017 –

Evangelho (Lc 2,22-40)

O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo  segundo São Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

22 Quando se completaram os dias para a purificação da mãe e do filho, conforme a Lei de Moisés, Maria e José levaram Jesus a Jerusalém, a fim de apresentá-lo ao Senhor. 23 Conforme está escrito na Lei do Senhor: 'Todo primogênito do sexo masculino deve ser consagrado ao Senhor.' 24 Foram também oferecer o sacrifício - um par de rolas ou dois pombinhos - como está ordenado na Lei do Senhor. 25 Em Jerusalém, havia um homem chamado Simeão, o qual era justo e piedoso, e esperava a consolação do povo de Israel. O Espírito Santo estava com ele 26 e lhe havia anunciado que não morreria antes de ver o Messias que vem do Senhor. 27 Movido pelo Espírito, Simeão veio ao Templo. Quando os pais trouxeram o menino Jesus para cumprir o que a Lei ordenava, 28 Simeão tomou o menino nos braços e bendisse a Deus: 29 'Agora, Senhor, conforme a tua promessa, podes deixar teu servo partir em paz; 30 porque meus olhos viram a tua salvação, 31 que preparaste diante de todos os povos: 32 luz para iluminar as nações e glória do teu povo Israel.' 33 O pai e a mãe de Jesus estavam admirados com o que diziam a respeito dele. 34 Simeão os abençoou e disse a Maria, a mãe de Jesus: 'Este menino vai ser causa tanto de queda como de reerguimento para muitos em Israel. Ele será um sinal de contradição. 35 Assim serão revelados os pensamentos de muitos corações. Quanto a ti, uma espada te traspassará a alma.' 36 Havia também uma profetisa, chamada Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser. Era de idade muito avançada; quando jovem, tinha sido casada e vivera sete anos com o marido. 37 Depois ficara viúva, e agora já estava com oitenta e quatro anos.  Não saía do Templo, dia e noite servindo a Deus com jejuns e orações. 38 Ana chegou nesse momento e pôs-se a louvar a Deus e a falar do menino a todos os que esperavam a libertação de Jerusalém. 39 Depois de cumprirem tudo, conforme a Lei do Senhor, voltaram à Galileia, para Nazaré, sua cidade. 40 O menino crescia e tornava-se forte, cheio de sabedoria; e a graça de Deus estava com ele.

–– Palavra da Salvação!

— Glória a vós, Senhor.

                                

FONTE: http://www.catolicoorante.com.br/liturgia

dez 30

NA LEITURA DO EVANGELHO, A FORÇA PARA A CAMINHADA!

APRESENTAÇÃO DE JESUS NO TEMPLO

6º DIA NA OITAVA DO NATAL – SÁBADO – 30/12/2017 – 

“Toda pessoa que faz da sua vida um serviço a Deus vive a alegria do encontro com ele. Com Ana não foi diferente. Depois de oitenta e quatro anos vividos na busca da realização da vontade de Deus, ela tem a alegria do encontro pessoal com ele. Mas Ana não fica com essa alegria só para ela; sai anunciando a todos que aquele menino é a resposta do próprio Deus a todos os que esperam a verdadeira libertação. E este anúncio é acompanhado do reconhecimento do amor de Deus, que é fiel às suas promessas, através do louvor a ele” 

Evangelho (Lc 2,36-40)

O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo  segundo São Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo: 36 Havia também uma profetisa, chamada Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser. Era de idade muito avançada; quando jovem, tinha sido casada e vivera sete anos com o marido. 37 Depois ficara viúva, e agora já estava com oitenta e quatro anos. Não saía do Templo, dia e noite servindo a Deus com jejuns e orações. 38 Ana chegou nesse momento e pôs-se a louvar a Deus e a falar do menino a todos os que esperavam a libertação de Jerusalém. 39 Depois de cumprirem tudo, conforme a Lei do Senhor, voltaram à Galileia, para Nazaré, sua cidade. 40 O menino crescia e tornava-se forte, cheio de sabedoria; e a graça de Deus estava com ele. 

–– Palavra da salvação!

— Glória a vós, Senhor.

                                

FONTE: http://www.catolicoorante.com.br/liturgia

 

dez 24

NA LEITURA DO EVANGELHO, A FORÇA PARA A CAMINHADA!

NASCIMENTO DE JESUS - 2017

4º DOMINGO DO ADVENTO – 24/12/2017 –

Evangelho (Lc 1,26-38)

O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo  segundo São Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo: 26 O anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré, 27 a uma virgem, prometida em casamento a um homem chamado José. Ele era descendente de Davi e o nome da virgem era Maria 28 O anjo entrou onde ela estava e disse: 'Alegra-te, cheia de graça, o Senhor está contigo!' 29 Maria ficou perturbada com estas palavras e começou a pensar qual seria o significado da saudação. 30 O anjo, então, disse-lhe: 'Não tenhas medo, Maria, porque encontraste graça diante de Deus. 31 Eis que conceberás e darás à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus. 32 Ele será grande, será chamado Filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi. 33 Ele reinará para sempre sobre os descendentes de Jacó, e o seu reino não terá fim'. 34 Maria perguntou ao anjo: 'Como acontecerá isso, se eu não conheço homem algum?' 35 O anjo respondeu: 'O Espírito virá sobre ti, e o poder do Altíssimo te cobrirá com sua sombra. Por isso, o menino que vai nascer será chamado Santo, Filho de Deus. 36 Também Isabel, tua parenta, concebeu um filho na velhice. Este já é o sexto mês daquela que era considerada estéril, 37 porque para Deus nada é impossível'. 38 Maria, então, disse: 'Eis aqui a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra!' E o anjo retirou-se.

–– Palavra da Salvação!

— Glória a vós, Senhor.

                                

FONTE: http://www.catolicoorante.com.br/liturgia

dez 23

NA LEITURA DO EVANGELHO, A FORÇA PARA A CAMINHADA!

NASCIMENTO DE JOÃO BATISTA

ÚLTIMOS DIAS ANTES DO NATAL – SÁBADO – 23/12/2017 – 

“O nascimento de João Batista nos mostra a atuação de Deus na história e que nem sempre entendemos esta atuação ou os nossos projetos são os mesmos dele. Quando existe discordância entre a vontade de Deus e a nossa vontade, nós nos tornamos limitados e incapazes de viver plenamente na graça divina e de comunicar esta graça aos nossos irmãos e irmãs, mas quando a nossa vida é conforme a vontade de Deus, a graça divina atua em nós, a mão do Senhor está conosco e a nossa boca se abre para anunciar suas maravilhas e proclamar os seus louvores” 

Evangelho (Lc 1,57-66)

O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo  segundo São Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

57 Completou-se o tempo da gravidez de Isabel, e ela deu à luz um filho. 58 Os vizinhos e parentes ouviram dizer como o Senhor tinha sido misericordioso para com Isabel, e alegraram-se com ela. 59 No oitavo dia, foram circuncidar o menino, e queriam dar-lhe o nome de seu pai, Zacarias. 60 A mãe porém disse: 'Não! Ele vai chamar-se João.' 61 Os outros disseram: 'Não existe nenhum parente teu com esse nome!' 62 Então fizeram sinais ao pai, perguntando como ele queria que o menino se chamasse. 63 Zacarias pediu uma tabuinha, e escreveu: 'João é o seu nome.' 64 No mesmo instante, a boca de Zacarias se abriu, sua língua se soltou, e ele começou a louvar a Deus. 65 Todos os vizinhos ficaram com medo, e a notícia espalhou-se por toda a região montanhosa da Judeia. 66 E todos os que ouviam a notícia, ficavam pensando: 'O que virá a ser este menino?' De fato, a mão do Senhor estava com ele. 

–– Palavra da salvação!

— Glória a vós, Senhor.

                                

FONTE: http://www.catolicoorante.com.br/liturgia

 

dez 17

NA LEITURA DO EVANGELHO, A FORÇA PARA A CAMINHADA!

BÍBLIA - A PALAVRA DE DEUS PARA NÓS

3º DOMINGO DO ADVENTO – 17/12/2017 –

Evangelho (Jo 1,6-8.19-28)

O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo  segundo São João.

— Glória a vós, Senhor.

6 Surgiu um homem enviado por Deus; Seu nome era João. 7 Ele veio como testemunha, para dar testemunho da luz, para que todos chegassem à fé por meio dele. 8 Ele não era a luz, mas veio para dar testemunho da luz: 19 Este foi o testemunho de João, quando os judeus enviaram de Jerusalém sacerdotes e levitas para perguntar: 'Quem és tu?' 20 João confessou e não negou. Confessou: 'Eu não sou o Messias'. 21 Eles perguntaram: 'Quem és, então? És tu Elias?' João respondeu: 'Não sou'. Eles perguntaram: 'És o Profeta?' Ele respondeu: 'Não'. 22 Perguntaram então: 'Quem és, afinal? Temos que levar uma resposta para aqueles que nos enviaram. O que dizes de ti mesmo?' 23 João declarou: 'Eu sou a voz que grita no deserto: 'Aplainai o caminho do Senhor`' - conforme disse o profeta Isaías. 24 Ora, os que tinham sido enviados pertenciam aos fariseus 25 e perguntaram: 'Por que então andas batizando, se não és o Messias, nem Elias, nem o Profeta?' 26 João respondeu: 'Eu batizo com água; mas no meio de vós está aquele que vós não conheceis, 27 e que vem depois de mim. Eu não mereço desamarrar a correia de suas sandálias.' 28 Isso aconteceu em Betânia além do Jordão, onde João estava batizando.

–– Palavra da Salvação!

— Glória a vós, Senhor.

                                

FONTE: http://www.catolicoorante.com.br/liturgia

dez 16

NA LEITURA DO EVANGELHO, A FORÇA PARA A CAMINHADA!

bíblia-6

2ª SEMANA DO ADVENTO – SÁBADO – 16/12/2017 – 

“O Profeta Elias foi aquele que, na sua época, lutou contra os profetas de Baal na tentativa de restabelecer o culto a Javé e reconduzir os corações do povo para Deus. Assim também era a função de João Batista, que deveria pregar a conversão para preparar um povo disposto para a vinda de Jesus. Neste sentido, João Batista realiza a promessa da volta de Elias, que não foi a sua ressurreição ou reencarnação ou ainda a carruagem de fogo o trouxe de volta do alto, mas o profetismo segundo o espírito de Elias se fez presente em João Batista” 

Evangelho (Mt 17,10-13)

O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo  segundo São Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Ao descerem do monte, 10 os discípulos perguntaram a Jesus: 'Por que os mestres da Lei dizem que Elias deve vir primeiro?' 11 Jesus respondeu: 'Elias vem e colocará tudo em ordem. 12 Ora, eu vos digo: Elias já veio, mas eles não o reconheceram. Ao contrário, fizeram com ele tudo o que quiseram. Assim também o Filho do Homem será maltratado por eles.' 13 Então os discípulos compreenderam que Jesus lhes falava de João Batista. 

–– Palavra da salvação!

— Glória a vós, Senhor.

                                

FONTE: http://www.catolicoorante.com.br/liturgia

 

Posts mais antigos «

Apoio: