Lisaac

Sementes de vida, ������© tempo de semear

«

»

set 22

LUZES DA CRIAÇÃO

FREI ARIOVALDO -3

IPÊ AMARELO: EXTREMAMENTE FORTE E ESBELTO -

Falar sobre o Ipê amarelo é falar do Brasil, onde esta espécie é apaixonadamente apreciada. No entanto, falar sobre o Ipê amarelo em forma de poesia é tentar eternizá-lo na memória de todos nós que o conhecemos e que apreciamos sua estrondosa beleza. Frei José Ariovaldo, na sua delicadeza acadêmica, e com o olhar voltado para as profundezas da vida, de todos os seres e em todos os sentidos, traz para todos nós pequena composição poética sobre esta gigantesca e belíssima árvore. Vale a pena ler, com os olhos e com o espírito.

 IPÊ AMARELO - 2

IPÊ AMARELO –

 *Por Frei José Ariovaldo da Silva – 09.09.2017 –

Ipê amarelo,

meu querido, meu lindo,

quisera ver o céu azul, bem mais lindo...

Mas só em ver você, todo de amarelo,

este espaço-liberdade todo colorindo,

o azul do céu fica muito bem mais lindo...

Então tiro neste chão sagrado o meu chinelo,

 pois sinto, aqui e agora, o céu, fruindo.

Por isso, lhe digo, com prazer, sorrindo:

Em todas as primaveras, meu lindo,

seja sempre muito bem-vindo!

  __________________________________________
 *Frei José Ariovaldo da Silva é frade franciscano (OFM); doutor em Liturgia pelo Pontifício Instituto Litúrgico de Roma; professor do Instituto Teológico Franciscano (Petrópolis, RJ); membro da equipe de reflexão da Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia da CNBB; membro do Centro de Liturgia “Dom Clemente Isnard”, ligado ao Instituto Pio XI (UNISAL – São Paulo); foi membro da Comissão para Acabamento da Basílica de Aparecida; assessor de Liturgia, conferencista, escritor.
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Apoio: