Lisaac

Sementes de vida, ������© tempo de semear

«

»

mai 10

AS APARIÇÕES DE FÁTIMA

Nossa Senhora de Fátima - 3

NOSSA SENHORA DE FÁTIMA -

UM SÉCULO DEPOIS -

 

            Pelas histórias contadas por algumas gerações, por livros escritos e editados em diversas línguas e pelo testemunho ocular de alguém que viveu até recentemente, nossa geração tomou conhecimento das aparições da Virgem Maria em Fátima, Portugal, ainda no final da primeira década do século passado.

         Ninguém poderia imaginar que a visão concedida a três pequenas crianças (Lúcia, Francisco e Jacinta) tivesse o potencial de atravessar um século inteiro e de manter viva a chama da devoção à Santa Mãe de Jesus.

            A partir de 13 de maio de 1917, e em mais outras seis ocasiões, sempre no dia 13, sendo a última em 13 de outubro, a Virgem apareceu aos três pequenos pastorinhos que, depois da missa, saíram guiando suas ovelhas caminhando até uma pequena elevação. Lá chegando, tiraram de suas sacolinhas pedaços de queijo, azeitonas e algumas fatias de broa de milho. Comeram um pouco e, de posse de seus terços, começaram a rezar. Eis que um relâmpago risca o céu como que anunciando a iminente chegada de uma tempestade. Assustadas, as crianças pensaram em tomar o caminho de suas casas, instigados por Lúcia e, tão logo dão poucos passos, outro relâmpago mais forte e ainda mais brilhante explode no ar, causando-lhes tanto espanto que quase não conseguem caminhar. Olham para um lado e para o outro e, de repente, eis que surge uma pessoa. Quem narrou esse fato foi irmã Lúcia de Jesus: “Uma senhora vestida de branco, mais brilhante que o Sol, espargindo uma luz mais clara e intensa do que um copo de cristal atravessado pelos raios ardentes do Sol”[1].

               Lúcia, talvez a mais corajosa dentre os três, iniciou um pequeno diálogo com a Senhora, que pediu para que não tivessem medo, pois não lhes faria mal algum. Perguntada de onde era, Ela responde e faz um pedido: “Sou do céu. Vim para vos pedir que venhais aqui seis meses seguidos no dia 13, a esta hora, depois direi quem sou e o que quero... e voltarei ainda uma sétima vez”.

               As crianças, no meio da inocência, fizeram perguntas simples à Senhora, que não deixou de responder a nenhuma delas.

                Novamente, a 13 de junho, a Senhora aparece aos três, no mesmo lugar e na mesma hora, pedindo-lhes para que continuassem a rezar o terço, acrescentando uma oração e fazendo uma promessa: “Ó meu Jesus perdoai-nos, livrai-nos do fogo do inferno; levai as almas todas para o céu e socorrei principalmente as que mais precisarem.”  Após, Ela promete que em breve levaria para o céu os irmãos Jacinta e Francisco, assegurando a Lúcia a permanência mais prolongada, a fim de fazer conhecer e amar o Imaculado Coração de Maria.

                A notícia já havia se espalhado e, provavelmente, já dividia opiniões entre os que acreditavam e os que negavam as aparições. Porém, no dia 13 de julho, aproximadamente cinco mil pessoas estavam na Cova da Iría aguardando a manifestação daquela Senhora Iluminada. Na hora certa, Ela se mostra aos três pequenos que, diante daquela pequena multidão, conversam com Ela. Naquela data, a Senhora concede aos três uma visão do inferno e lhes diz “Vistes o Inferno e as almas que lá caem porque não há quem por elas reze e se sacrifique...”, revelando-lhes, em seguida, um segredo que só veio a ser revelado ao mundo pelo então Papa João Paulo II, já quase no final da vida.

                A quarta aparição da Virgem foi cercada por um incidente politiqueiro, no qual o prefeito mandou aprisionar os três pequenos, a fim de que revelassem o segredo recebido na visita anterior. Eles, porém, preferiram o silêncio e a oração. Nesse ínterim, a multidão que se ajuntara na Cova da Iría, demonstrando revolta, ouviu uma “forte trovoada seguida por um relâmpago mais uma nuvem branca que foi pousar sobre a azinheira[2]”. Em 19 de agosto, no sítio dos Valinhos, a Virgem apareceu às três crianças, mostrando-se sentida com a violência que tinham sofrido, pedindo que continuassem a rezar o terço e que voltassem no dia 13 do mês seguinte.

            A quinta aparição foi acompanhada por cerca de 20.000 (vinte mil) pessoas. “Ao meio dia, o sol começou a perder o brilho. Mais uma vez Nossa Senhora pede-lhes que rezem o terço prometendo mais uma vez o grande milagre e ao ouvir da Lúcia que tinha duas cartas e um frasco de água de colônia para Lhe entregar, responde que isso de nada adianta para o céu[3]”.

       A última aparição ocorreu em 13 de outubro, quando uma multidão de aproximadamente 70.000 (setenta mil) pessoas havia se deslocado para a Cova da Iría que, em decorrência de muita chuva, estava um verdadeiro lamaçal. Segundo o relato, as três crianças chegaram cerca de meia hora antes da chegada da Virgem e Lúcia, ao meio dia em ponto, pede que todos fechem seus guarda-chuvas e, ao mesmo tempo, exclama “Já lá vem Nossa Senhora e fica extática ouvindo a Senhora que lhe diz: “Eu sou Nossa Senhora do Rosário. Quero que façam aqui uma Capela. Não ofendam mais a Nosso Senhor que está muito ofendido[4]

            No mesmo instante, e junto ao Sol, aparece São José com o Menino Jesus e Nossa Senhora das Dores, com o Escapulário.

“De repente parou a chuva, apareceu o Sol sem nuvens, sem mancha. Assemelha-se a um disco de prata. Podia fitar-se afoitamente. A multidão rompe num grito e clamor: Milagre! Milagre! – Qual roda de fogo girava sobre si mesmo com incrível rapidez. Parecia que se precipitava sobre a terra. Feixes de luz espalhavam-se sobre a multidão que já gritava perdidamente fazendo até confissões públicas e rezando o Creio... Este fenômeno foi visto a cinco e mais quilômetros de distância. Foram tomadas fotografias e ainda existem muitas pessoas que presenciaram o milagre que no dizer da Senhora, teria sido maior se não violentassem os pequenos. Os fatos pouco antes encharcados estavam agora completamente enxutos. – Assim terminou a série de aparições de Nossa Senhora em Fátima cuja veracidade e culto foram aprovados pela Igreja ao fim de 13 anos de porfiadas investigações, a 13 de Outubro de 1930, apesar do governador de Santarém, que mandou até dinamitar a Capela das aparições”[5].

            Tudo isso aconteceu há quase um século – 13 de maio de 1917.

            Francisco Marto, nasceu em 11 de junho de 1908 e, depois de fazer a primeira comunhão, falece quase um ano depois das aparições, em 5 de abril de 1918, antes de completar dez anos de vida.

            Jacinta Marto – irmã de Francisco – nasceu em 11 de março de 1910 e faleceu em 20 de fevereiro de 1920, também, antes de completar dez anos de idade.  Tanto o corpo dela quanto o do irmão, Francisco, estão sepultados no Santuário de Fátima.

            Lúcia de Jesus, nasceu em 28 de março de 1907, tornou-se freira da Ordem das Carmelitas Descalças e, depois de quase cem anos de idade (98), faleceu no dia 13 de fevereiro de 2005 no Carmelo, em Coimbra, sendo sepultada ao lado dos primos Francisco e Jacinta.

            Não se trata apenas de um fato religioso, mas, também, de um fato histórico, com registros documentais, inclusive. Fátima é uma realidade do nosso tempo e tudo o que Ela pediu foi que os homens rezassem o terço e pedissem pela conversão dos pecadores. O mal no mundo não é causado pelos convertidos, mas, e sobretudo, pelos que ainda não foram convertidos. É por esses que Nossa Senhora de Fátima pede que rezemos sem cessar.

 

...................................................................................................................................... [1] Fátima – Peregrina e Missionária. Caxias do Sul. Editora São Miguel. 1951. Pág. 6. [2] Id. Pág. 8. [3] Id. Pág. 9. [4] Ibidem. [5] Fátima – Peregrina e Missionária. Caxias do Sul. Editora São Miguel. 1951. Págs. 9/10.  

12 comentários

1 menção

Pular para o formulário de comentário

  1. Raimundinho Neto

    Minha mãe N.S Fátima me salvou . Hoje sou devoto e sou de N.S Fátima minha filha Gabriela Alves também

    1. lisaac

      Ficamos felizes por seu testemunho de fé e de devoção. Visite sempre o nosso site, aqui você sempre encontrará textos e palavras que aumentarão ainda mais a sua devoção e a sua fé. Deus te ilumine e abençoe a você e a toda a sua família, inclusive, e especialmente, à filha Gabriela Alves, muito amada e querida por Nossa Senhora de Fátima.

      Sementes de vida: É tempo de semear

  2. ilza Helena Prinz

    Eu amo nossa senhora e nossa mãe .eu creio minha filhas e neta eu a entreguei .

    1. lisaac

      Agradecemos por seu testemunho de fé e de devoção. Permaneça assim e ajude a divulgar a devoção ao Imaculado Coração de Maria, conforme pedido por Ela, há quase um século atrás. Visite sempre o nosso site e receba informações, orações e palavras de conforto para o seu espírito. Não esqueça: http://www.lisaac.blog.br
      Obrigado.

      Sementes de vida: É tempo de semear

  3. luciana

    Sou devota de nossa senhora d fatima pois sinto sempre sua presença perto de mim

    1. lisaac

      Agradecemos por seu testemunho de fé e de devoção. Permaneça assim e ajude a divulgar a devoção ao Imaculado Coração de Maria, conforme pedido por Ela, há quase um século atrás. Visite sempre o nosso site e receba informações, orações e palavras de conforto para o seu espírito. Não esqueça: http://www.lisaac.blog.br
      Obrigado.

      Sementes de vida: É tempo de semear

  4. Joyce sindell

    Eu sempre sinto sonho com nossa senhora, de Fátima, meu último sonho com ela foi semana passada ,quarta feira ,dia de lua cheia ,ela mandando eu rezar é olha pra lua pois ela está la dentro junto com o menino, jesus.. Fátima, é tão maravilhosa na minha vida, todas as vezes que sonho com ela , só me vem coisas boas.meu pai é devoto, já foi coroado. Aqui no Acre, foi a única pessoa, que tivemos conhecimento . Onde a gente ver alguém ,que é devoto ,perguntamos ,eles fic surpresos.

    1. lisaac

      Prezada Joyce, agradecemos sua mensagem e o seu testemunho de fé e de devoção. Aproveitamos para convidá-la a visitar sempre nosso site – http://www.lisaac.blog.br – e a ajudar-nos a divulgá-lo aí, no meio do teu povo. Nosso objetivo único é levar a Palavra de Deus, os ensinamentos da teologia, a história do cristianismo, os fatos da filosofia e algumas reflexões a todas as pessoas. Ficamos muitíssimo satisfeitos por saber que você, aí no Acre, visitou nosso site. Obrigado e continue visitando-nos sempre, e enviando suas opiniões, mensagens de fé e testemunhos da sua santa devoção. Paz e Bem, querida irmã.

      Sementes de vida: É tempo de semear

  5. Erivaldo Gabriel De Lima

    Creio em Fátima e sei que as bênçãos que tenho pedido ela há de atender amém…

    1. lisaac

      Agradecemos sua mensagem. Visite sempre nossa página – http://www.lisaac.blog.br – e tenha acesso direto aos nossos inúmeros conteúdos.

      Sementes de vida: É tempo de semear

  6. ROSANGELA SANTOS DE OLIVEIRA

    e saber mais sobre esta maravilha que O SENHOR DEUS reservou para nós,ainda mesmo sem nenhum merecimento, NOSSO BOM PAI continua nos presenteando com seus avisos.Se ELE assim não fizesse,para onde iríamos todos?prém, olha como nos comportamos ultimamente:estamos destruindo a casa que ELE nos deu com tanto amor(era tudo tão lindo e perfeito),a falta de respeito é tão grande que já não se dá o direito do outro dormir,pois precisa estar em pé cedo,no outro dia para trabalhar(é muito barulho acompanhado de palavras obcenas,que somos obrigados a houvir-mesmo com criança pequenas em casa e idosos doentes e até os doentes em geral ).Sinto-me muito mal atualmente,mas não posso controlar a alegria que toma minha alma ao relembrar estes fatos que me foram mostrados em tão pouca idade (2,5 até a partida de minha mãe e avó),mas me sinto muito feliz porque vivi esta mensagem.Muito triste, eu pergunto:o que resta desta feliz lembrança hoje?uma parte muito grande da população renega NOSSA SENHORA com uma falta de respeito tão grande…Muito obrigado MEU DEUS porque O SENHOR ainda reserva para nós essas pessoas que como S.Paulo não vai deixar essa chama morrer dentro de nós.

    1. lisaac

      Nós, do lisaac.blog.br – Sementes de Vida: É tempo de semear – estamos muito felizes com sua mensagem. Sempre que julgar necessário, escreva para nós, conte suas alegrias e seus traumas. Compartilhe conosco as graças recebidas. Mas, acima de tudo, permaneça firma da fé e confiante de que o Senhor reserva imensas maravilhas para todos os que Nele creem. Fica na paz, minha irmã. Na paz do Senhor!

  1. NOSSA SENHORA DE FÁTIMA - UMA PRESENÇA PERMANENTE - Sementes de Vida: É tempo de semear

    […]             Queremos apenas lembrar que o nosso site http://www.lisaac.blog.br publicou no ano passado, no dia 10 de maio, um texto significativo sobre a história das aparições. Para acessá-lo, clique aqui: http://www.lisaac.blog.br/as-aparicoes-de-fatima/ […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Apoio: