Lisaac

Sementes de vida, ������© tempo de semear

Arquivo por mês: junho 2017

jun 30

EVANGELHO: UM CAMINHO DIFÍCIL, PORÉM, POSSÍVEL

biblia-setembro-de-2016

12ª SEMANA DO TEMPO COMUM – SEXTA-FEIRA – 30/06/2017 –

 “O Evangelho de hoje nos mostra coisas muito interessantes. Inicialmente, Jesus desce do monte, o que nos mostra que devemos subir ao monte para conversar sobre coisas importantes, mas não podemos ficar lá para sempre, precisamos descer. As multidões o seguiam, porque o discurso do Evangelho convence, faz com que as pessoas deem sua adesão a Jesus e à causa do Reino. Por fim, nos mostra que as verdades refletidas sobre o monte devem ser vividas, pois Jesus faz isso, vendo a necessidade de quem dele se aproxima e fazendo o que está ao seu alcance para que o mal seja vencido e todas as pessoas possam ter uma vida digna de filhos e filhas de Deus.”

Evangelho (Mt 8,1-4)

O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo  segundo São Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

1 Tendo Jesus descido do monte,  numerosas multidões o seguiam.  2 Eis que um leproso se aproximou  e se ajoelhou diante dele, dizendo:  'Senhor, se queres, tu tens o poder de me purificar.'  3 Jesus estendeu a mão, tocou nele e disse:  'Eu quero, fica limpo.'  No mesmo instante, o homem ficou curado da lepra.  4 Então Jesus lhe disse:  'Olha, não digas nada a ninguém,  mas vai mostrar-te ao sacerdote,  e faze a oferta que Moisés ordenou,  para servir de testemunho para eles.' 

– Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

                                 FONTE: http://www.catolicoorante.com.br/liturgia

jun 30

LITURGIA DA PALAVRA: FONTE DE SABEDORIA

LITURGIA - 2017

LEITURA SUGERIDA PARA HOJE – 12ª SEMANA COMUM – SEXTA-FEIRA – 30/06/2017 –

LEITURA DO LIVRO DO GÊNESIS – (Gn 17,1.9-10.15-22) –

1Abrão tinha noventa e nove anos de idade, quando o Senhor lhe apareceu e lhe disse: “Eu sou o Deus Poderoso. Anda na minha presença e sê perfeito”. 9Deus disse ainda a Abraão: ”Guarda a minha aliança, tu e a tua descendência para sempre. 10Esta é a minha aliança que devereis observar, aliança entre mim e vós e tua descendência futura: todo homem entre vós deverá ser circuncidado”. 15Deus disse também a Abraão: “Quanto à tua mulher, Sarai, já não a chamarás Sarai, mas Sara. 16Eu a abençoarei e também dela te darei um filho. Vou abençoá-la, e ela será mãe de nações, e reis de povos dela sairão”.

17Abraão prostrou-se com o rosto em terra, e pôs-se a rir, dizendo consigo mesmo: “Será que um homem de cem anos vai ter um filho e que, aos noventa anos, Sara vai dar à luz?” 18E, dirigindo-se a Deus, disse: “Se ao menos Ismael pudesse viver em tua presença”. 19Deus, porém, disse: “Na verdade, é Sara, tua mulher, que te dará um filho, a quem chamarás Isaac. Com ele estabelecerei a minha aliança, uma aliança perpétua para a sua descendência. 20Atendo ao teu pedido, também, a respeito de Ismael. Eu o abençoarei e tornarei fecundo e extremamente numeroso. Será pai de doze príncipes e farei dele uma grande nação. 21Mas, quanto à minha aliança, eu a estabelecerei com Isaac, o filho que Sara te dará no ano que vem, por este tempo”. 22Tendo acabado de falar com Abraão, Deus se retirou.

– Palavra do Senhor!

– Graças a Deus.

  FONTE: http://liturgia.cancaonova.com/liturgia/

jun 29

EVANGELHO: UM CAMINHO DIFÍCIL, PORÉM, POSSÍVEL

biblia-setembro-de-2016

12ª SEMANA DO TEMPO COMUM – QUINTA-FEIRA – 29/06/2017 –

Evangelho (Mt 7,21-29)

O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo  segundo São Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:  2l Nem todo aquele que me diz: 'Senhor, Senhor',  entrará no Reino dos Céus, mas o que põe em prática  a vontade de meu Pai que está nos céus.  22 Naquele dia, muitos vão me dizer:  'Senhor, Senhor, não foi em teu nome que profetizamos?  Não foi em teu nome que expulsamos demônios?  E não foi em teu nome que fizemos muitos milagres?'  23 Então eu lhes direi publicamente:  'Jamais vos conheci.  Afastai-vos de mim, vós que praticais o mal.  24 Portanto, quem ouve estas minhas palavras  e as põe em prática,  é como um homem prudente,  que construiu sua casa sobre a rocha.  25 Caiu a chuva, vieram as enchentes,  os ventos deram contra a casa,  mas a casa não caiu,  porque estava construída sobre a rocha.  26 Por outro lado,  quem ouve estas minhas palavras e não as põe em prática,  é como um homem sem juízo,  que construiu sua casa sobre a areia.  27 Caiu a chuva, vieram as enchentes,  os ventos sopraram e deram contra a casa,  e a casa caiu, e sua ruína foi completa!'  28 Quando Jesus acabou de dizer estas palavras,  as multidões ficaram admiradas com seu ensinamento.  29 De fato, ele as ensinava como quem tem autoridade  e não como os mestres da lei.

– Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

                                 FONTE: http://www.catolicoorante.com.br/liturgia

jun 29

LITURGIA DA PALAVRA: FONTE DE SABEDORIA

LITURGIA - 2017

LEITURA SUGERIDA PARA HOJE – 12ª SEMANA COMUM – QUINTA-FEIRA – 29/06/2017 –

LEITURA DO LIVRO DO GÊNESIS – (Gn 16,6b-12.15-16) –

Naqueles dias, 6bSarai maltratou tanto Agar que ela fugiu. 7Um anjo do Senhor, encontrando-a junto à fonte do deserto, no caminho de Sur, disse-lhe: 8“Agar, escrava de Sarai, de onde vens e para onde vais?” Ela respondeu: “Estou fugindo de Sarai, minha senhora”. 9E o anjo do Senhor lhe disse: “Volta para a tua senhora e sê submissa a ela”. 10E acrescentou: “Multiplicarei a tua descendência de tal forma, que não se poderá contar”. 11Disse, ainda, o anjo do Senhor: “Olha, estás grávida, e darás à luz um filho e o chamarás Ismael, porque o Senhor te ouviu na tua aflição. 12Ele será indomável como um jumento selvagem, sua mão se levantará contra todos, e a mão de todos contra ele. E ele viverá separado de todos os seus irmãos”.

15Agar deu à luz o filho de Abrão; e ele pôs o nome de Ismael ao filho que Agar lhe deu. 16Abrão tinha oitenta e seis anos, quando Agar deu à luz Ismael.

– Palavra do Senhor!

– Graças a Deus.

  FONTE: http://liturgia.cancaonova.com/liturgia/

jun 28

EVANGELHO: UM CAMINHO DIFÍCIL, PORÉM, POSSÍVEL

biblia-setembro-de-2016

12ª SEMANA DO TEMPO COMUM – QUARTA-FEIRA – 28/06/2017 –

“Existem profetas que falam o que as pessoas gostam de ouvir e existem profetas que falam o que deve ser dito. O falso profeta é aquele que fala o que a pessoa gosta de ouvir, de modo que ela não muda de vida e não produz fruto algum, vive uma espiritualidade estéril; ele vive de acordo com a situação porque esta lhe é favorável e satisfaz seus interesses. O verdadeiro profeta fala o que a pessoa precisa ouvir para converter-se, mudar de vida e produzir frutos que permaneçam, ele não aceita a situação atual, marcada pelos privilégios e pecados e quer que ela mude, porque o seu interesse é que o Reino de Deus aconteça na história dos homens.”

Evangelho (Mt 7,15-20)

O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo  segundo São Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:  15 Cuidado com os falsos profetas:  Eles vêm até vós vestidos com peles de ovelha,  mas por dentro são lobos ferozes.  16 Vós os conhecereis pelos seus frutos.  Por acaso se colhem uvas de espinheiros  ou figos de urtigas?  17 Assim, toda árvore boa produz frutos bons,  e toda árvore má, produz frutos maus.  18 Uma árvore boa não pode dar frutos maus,  nem uma árvore má pode produzir frutos bons.  19 Toda árvore que não dá bons frutos  é cortada e jogada no fogo.  20 Portanto, pelos seus frutos vós os conhecereis.

– Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

                                 FONTE: http://www.catolicoorante.com.br/liturgia

jun 28

LITURGIA DA PALAVRA: FONTE DE SABEDORIA

LITURGIA - 2017

LEITURA SUGERIDA PARA HOJE – 12ª SEMANA COMUM – QUARTA-FEIRA – SANTO IRINEU – 28/06/2017 –

LEITURA DO LIVRO DO GÊNESIS – (Gn 15,1-12.17-18) –

Naqueles dias, 1o Senhor falou a Abrão, dizendo: “Não temas, Abrão! Eu sou o teu protetor e tua recompensa será muito grande”.

2Abrão respondeu: “Senhor Deus, que me darás? Eu me vou desta vida sem filhos e o herdeiro de minha casa será Eliezer de Damasco”. 3E acrescentou: “Como não me deste descendência, um servo nascido em minha casa será meu herdeiro”. 4Então o Senhor falou-lhe nestes termos: “O teu herdeiro não será esse, mas um dos teus descendentes é que será o herdeiro”. 5E, conduzindo-o para fora, disse-lhe: “Olha para o céu e conta as estrelas, se fores capaz!” E acrescentou: “Assim será a tua descendência”.

6Abrão teve fé no Senhor, que considerou isso como justiça. 7E lhe disse: “Eu sou o Senhor que te fez sair de Ur dos Caldeus, para te dar em possessão esta terra”. 8Abrão lhe perguntou: “Senhor Deus, como poderei saber que vou possuí-la?” 9E o Senhor lhe disse: “Traze-me uma novilha de três anos, uma cabra de três anos, um carneiro de três anos, além de uma rola e de uma pombinha”. 10Abrão trouxe tudo e dividiu os animais pelo meio, mas não as aves, colocando as respectivas partes uma diante da outra. 11Aves de rapina se precipitaram sobre os cadáveres, mas Abrão as enxotou. 12Quando o sol já se ia pondo, caiu um sono profundo sobre Abrão e ele foi tomado de grande e misterioso terror. 17Quando o sol se pôs e escureceu, apareceu um braseiro fumegante e uma tocha de fogo, que passaram por entre os animais divididos. 18Naquele dia, o Senhor fez aliança com Abrão, dizendo: “Aos teus descendentes darei esta terra, desde o rio do Egito até o grande rio, o Eufrates”.

– Palavra do Senhor!

– Graças a Deus.

  FONTE: http://liturgia.cancaonova.com/liturgia/

jun 27

EVANGELHO: UM CAMINHO DIFÍCIL, PORÉM, POSSÍVEL

biblia-setembro-de-2016

12ª SEMANA DO TEMPO COMUM – TERÇA-FEIRA – 27/06/2017 –

“Hoje em dia, fala-se muito da questão da inculturação. É inculturação do anúncio, da liturgia e assim por diante. De fato, a inculturação é necessária para que todos possam viver os valores do Reino de Deus. Mas o Evangelho de hoje nos faz uma grave advertência: não atireis vossas pérolas aos porcos. É claro que devemos valorizar todas as formas e expressões de uma cultura e reconhecer os grandes valores que estão presentes na cultura e que expressam os valores evangélicos, mas inculturar o Evangelho não significa submete-lo aos valores culturais, pois a cultura tende a ver o Evangelho de uma forma ideológica e a usar as suas palavras sem os critérios do Reino, pisando nelas e voltando-se contra nós.”

Evangelho (Mt 7,6.12-14)

O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo  segundo São Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:  6 Não deis aos cães as coisas santas,  nem atireis vossas pérolas aos porcos;  para que eles não as pisem com os pés  e, voltando-se contra vós, vos despedacem.  12 Tudo quanto quereis que os outros vos façam,  fazei também a eles.  Nisto consiste a Lei e os Profetas.  13 Entrai pela porta estreita,  porque larga é a porta  e espaçoso é o caminho que leva à perdição,  e muitos são os que entram por ele!  14 Como é estreita a porta  e apertado o caminho que leva à vida!  E são poucos os que o encontram!

– Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

                                 FONTE: http://www.catolicoorante.com.br/liturgia

jun 27

LITURGIA DA PALAVRA: FONTE DE SABEDORIA

LITURGIA - 2017

LEITURA SUGERIDA PARA HOJE – 12ª SEMANA COMUM – TERÇA-FEIRA – 27/06/2017 –

LEITURA DO LIVRO DO GÊNESIS – (Gn 13,2.5-18) –

2Abrão era muito rico em rebanhos, prata e ouro. 5Ló, que acompanhava Abrão, também tinha ovelhas, gado e tendas. 6A região já não bastava para os dois, pois seus rebanhos eram demasiado numerosos, para poderem morar juntos. 7Surgiram discórdias entre os pastores que cuidavam da criação de Abrão, e os pastores de Ló. Naquele tempo, os cananeus e os fereseus ainda habitavam naquela terra. 8Abrão disse a Ló: “Não deve haver discórdia entre nós e entre os nossos pastores, pois somos irmãos. 9Estás vendo toda esta terra diante de ti? Pois bem, peço-te, separa-te de mim. Se fores para a esquerda, eu irei para a direita; se fores para a direita, eu irei para a esquerda”.

10Levantando os olhos, Ló viu que toda a região em torno do Jordão era por toda a parte irrigada — isso antes que o Senhor destruísse Sodoma e Gomorra —, era como um jardim do Senhor e como o Egito, até a altura de Segor. 11Ló escolheu, então, para si a região em torno do Jordão, e foi para oriente. Foi assim que os dois se separaram um do outro. 12Abrão habitou na terra de Canaã, enquanto Ló se estabeleceu nas cidades próximas do Jordão, e armou suas tendas até Sodoma. 13Ora, os habitantes de Sodoma eram péssimos, e grandes pecadores diante do Senhor.

14E o Senhor disse a Abrão, depois que Ló se separou dele: “Ergue os olhos e, do lugar onde estás, olha para o norte e para o sul, para o oriente e para o ocidente: 15toda essa terra que estás vendo, eu a darei a ti e à tua descendência para sempre. 16Tornarei tua descendência tão numerosa como o pó da terra. Se alguém puder contar os grãos do pó da terra, então poderá contar a tua descendência. 17Levanta-te e percorre este país de ponta a ponta, porque é a ti que o darei”. 18Tendo desarmado suas tendas, Abrão foi morar junto ao Carvalho de Mambré, que está em Hebron, e ali construiu um altar ao Senhor.

– Palavra do Senhor!

– Graças a Deus.

  FONTE: http://liturgia.cancaonova.com/liturgia/

jun 26

UMA PAUSA PARA MEDITAÇÃO

NAMASTÊ - 2017

MEDITAÇÃO: FONTE DE ENRIQUECIMENTO DA ALMA –

 *Luiz Antonio de Moura –

 TEMA PARA A SEMANA: GRATIDÃO – A GRATIDÃO é o sentimento mais nobre que o ser humano pode demonstrar, seja em relação a outro ser humano, seja em relação a Deus. É preciso jamais esquecer que tudo, absolutamente tudo, o que chega às nossas mãos, à nossa mesa, à nossa vida, antes, foi trabalhado por alguém. Alguém concorreu com a participação na construção ou na produção daquilo que, agora, estufamos o peito para dizer que “é meu”; “eu consegui”; “eu fiz”; “eu produzi”. Ledo engano! Por esta razão, valorize tudo o que você possui, seja material, imaterial ou espiritual porque, alguém colaborou com você, direta ou indiretamente, ou, o próprio Deus te concedeu. Jamais temos chance de fazer, obter, po ou ser algo, sem a participação do outro. Seja grato aos irmãos humanos e ao próprio Deus. Se você não tem gratidão, peça-a a Deus e, depois, agradeça e distribua-a para todos os lados. Sua vida vai apresentar sensíveis melhoras, em todos os sentidos.

MEDITE: Leia com atenção este pequeno roteiro e, em seguida, inicie a meditação sentando de forma confortável (de preferência no chão, em uma almofada sobre um tapete ou um tatame, na posição que melhor proporcionar alguns minutos em total entrega, sem dores nas pernas ou no corpo), mantenha os olhos semi-fechados e, com as mãos atravessadas sobre as pernas, sinta cada parte do seu corpo, suas energias e suas potências. Respire profundamente, enchendo e esvaziando os pulmões de forma lenta e suave. Afaste da mente qualquer pensamento relativo ao mundo exterior e caminhe na direção do seu interior. Com serenidade e respeito reabra a porta da sua alma, renda graças ao Senhor por tudo o que Ele tem te concedido e vá entrando, bem devagar, observando todas as coisas. Algumas coisas já devem estar dando sinais de mudança no seu interior, afinal, é sua segunda visita em estado meditativo. Neste segundo encontro, volte a observar tudo em si: suas vitórias, seus sentimentos, positivos e negativos, seu progresso espiritual, sua saúde mental e física, focando no ponto central da sua existência: seu coração, onde habita o Espírito de Deus. Mantenha a respiração profunda: enchendo e esvaziando os pulmões de maneira suave e serena.

Mantenha-se em profundo silêncio por um pouco de tempo. Entregue-se a Deus e ouça a voz que fala dentro de você. Não tente compreender tudo de uma única vez. Tenha calma. Você retornará em breve. Agora, despeça-se do Santo dos Santos que está no altar do seu coração e vá se afastando lenta e serenamente. Feche a porta da sua alma e saia de forma calma, serena e respeitosa. Aprenda a respeitar e a amar a si mesmo(a).

Avalie como tem sido o seu procedimento diante dos demais seres humanos que, na essência, são iguais a você. Tem sido grato com Deus e com o próximo? Tem se lembrado de agradecer a Deus por tudo o que os outros têm feito por você? Tem agradecido a si mesmo(a) pelo carinho e pelo amor próprio? Tem se lembrado de agradecer por aquele que planta e colhe o que você compra? Tem agradecido por aquele que fabrica o pão que chega à sua mesa? Reflita sobre tudo e indague acerca da sua gratidão para com todos e para com a vida.

 “Não são dez os que foram curados? Os outros nove onde estão? Não se encontrou quem voltasse e desse glória a Deus, senão este estrangeiro?” (Cura dos dez leprosos – Lc 17, 17-18)

 Faça esta reflexão durante a semana e procure ajustar-se a ao modelo proposto: devemos ser gratos sempre, porque a GRATIDÃO é o prêmio que todos almejam receber, inclusive, nós, sabendo que a INGRATIDÃO, inversamente, causa muita tristeza, decepção e desilusão. Na próxima semana, outro tema será proposto.

NAMASTÊ - 3Namastê!

______________________________________________
 *Luiz Antonio de Moura é um caminhante, um pensador e um cultor do silêncio!
 

jun 26

EVANGELHO: UM CAMINHO DIFÍCIL, PORÉM, POSSÍVEL

biblia-setembro-de-2016

12ª SEMANA DO TEMPO COMUM – SEGUNDA-FEIRA – 26/06/2017 –

“A maioria das pessoas está mais preocupada com os pecados dos outros do que com os próprios, sempre apresentando o argumento de que os pecados dos outros são mais graves e exigem uma maior preocupação. O trabalho de transformação do mundo deve começar pela transformação e pela conversão pessoal. Se cada pessoa estivesse realmente preocupada com a própria conversão e de fato fizesse tudo o que está ao seu alcance, contando com a graça divina para uma verdadeira mudança de vida, muitos dos problemas que estão presentes na nossa sociedade já estariam superados. Portanto, que cada um olhe para si, se descubra pecador e se converta, para contribuir de fato com a conversão do mundo.”

Evangelho (Mt 7,1-5)

O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo  segundo São Mateus.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos:  1 'Não julgueis, e não sereis julgados.  2 Pois, vós sereis julgados  com o mesmo julgamento com que julgardes;  e sereis medidos, com a mesma medida com que medirdes.  3 Por que observas o cisco no olho do teu irmão,  e não prestas atenção à trave que está no teu próprio olho?  4 Ou, como podes dizer ao teu irmão:  'deixa-me tirar o cisco do teu olho',  quando tu mesmo tens uma trave no teu?  5 Hipócrita, tira primeiro a trave do teu próprio olho,  e então enxergarás bem  para tirar o cisco do olho do teu irmão. 

– Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

                                 FONTE: http://www.catolicoorante.com.br/liturgia

Posts mais antigos «

Apoio: