Lisaac

Sementes de vida, ������© tempo de semear

Arquivo por mês: setembro 2015

set 30

O CONVITE DE JESUS É SEMPRE ATUAL

SEGUIR JESUS-2

SEGUIR JESUS EXIGE ABNEGAÇÃO - 

*Por Luiz Antonio de Moura - 

                        Passados mais de dois mil anos, Jesus Cristo continua sendo um enigma para boa parte da humanidade. Principalmente, para aquela fatia que se autodenomina como “Cristãos”. Isso porque, conceitualmente, ser cristão significa ser seguidor de Cristo e, aí reside o nó górdio da questão.

                        No Evangelho de Lucas está escrito que Jesus caminhava ao lado de alguns homens e, de repente, um se aproximou e disse: “Senhor, eu te seguirei para onde quer que vás”. Jesus, sem querer desanimá-lo, diz que não tem endereço certo, não tem moradia, reino ou palácio, ao contrário das raposas, que têm suas covas; das aves do céu, que têm os seus ninhos e arremata dizendo: “O Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça”.

                        Em seguida, Jesus convida um outro homem dizendo-lhe: “segue-me”, mas o homem pede um tempo para ir, primeiro, sepultar o pai, ao que Jesus afirma: “Deixa que os mortos enterrem seus mortos; tu, porém, vai e anuncia o Reino de Deus”

                        Diante destas cenas, apareceu um terceiro homem disposto a seguir o Mestre pedindo, apenas, um tempinho, para ir se despedir da família. Jesus, então, lhe diz: “Aquele que põe a mão no arado e olha para trás não é apto para o Reino de Deus”.

                        Esta passagem está no Evangelho de Lucas, capítulo 9, versículos 57 a 62, e está eivada de simbolismos, cujo objetivo maior é demonstrar que seguir Jesus exige abnegação total, porque o Reino de Deus é maior e mais importante do que todos os apegos e preocupações que atormentam o coração do homem.

                        Seguir Jesus não significa ter um lugar ao sol, um castelo ou um palácio, ou mesmo uma moradia privilegiada. Pelo contrário, significa não ter destino certo; significa ter de ir aonde o outro está. E este outro não tem casa, não tem emprego, não tem saúde, não tem direitos, não tem bens, nem fama, nem prestígio. Ou seja, não tem nada. Absolutamente nada! Então, fica demonstrado que, seguir Jesus, significa deixar tudo para trás e caminhar na direção do outro, anunciando-lhe um Reino e um Rei que estão a esperá-lo, para colocarem fim ao seu sofrimento.

                        Deixar que os mortos enterrem seus mortos, significa deixar para aqueles que não têm fé, propósito ou disposição para o Reino de Deus – que são o mesmo que mortos – assumirem tal tarefa. Se tens fé e disposição para o Reino de Deus, então deixa que os outros cumpram esta função meramente terrena e venha para a verdadeira missão, que é o anúncio do Reino de Deus, porque é vida. Ao invés de preocupar-se com o destino dos mortos, preocupe-se, primeiro, com a salvação dos vivos na fé, anunciando-lhes o Reino dos céus.      

                        Por fim, a sentença final: quem põe a mão no arado, deve olhar para a frente, porque a lavoura está à frente. Assim, quem olha para trás, não consegue manobrar o arado, que era um instrumento muito utilizado na preparação do solo, para plantio. Quem trabalhava com o arado, devia olhar para a frente, para atingir os sulcos da terra de modo a torná-la preparada para o plantio. É isso que Jesus quer dizer, em relação ao anúncio do Reino de Deus. Quem quiser segui-lo não deve ficar olhando para trás, para o que deixou em casa, no trabalho ou mesmo no mundo. Porque, seguir Jesus importa abnegação total. E quem quiser segui-lo, mas ficar olhando para tudo o que está deixando para trás, não conseguirá o êxito necessário para o bom e fiel cumprimento da missão.

                        Não podemos perder de vista que todos os exemplos utilizados por Jesus tinham como foco pessoas, instrumentos de trabalho, hábitos e costumes daquele tempo. Jesus, acima de tudo, conhecia muito bem a realidade e o contexto no qual estava inserido. Dessa forma, falava diretamente ao coração do homem daquele momento histórico.

                        Entretanto, a mensagem alcança-nos ainda hoje: seguir Jesus exige fé, disposição e abnegação. Deixar tudo para trás, para nós, significa conversão. Mudar de rumo. Dar à nossa vida um novo sentido e, aí sim, sairmos em missão, anunciando o Reino de Deus. Reflitamos sobre o modo pelo qual estamos seguindo Jesus, e rezemos constantemente pela nossa conversão e pela conversão de todos os homens.

Luiz Antonio de Moura é graduado em Direito (Universidade Católica de Petrópolis), pós-graduado em Direito do Trabalho (Universidade Estácio de Sá) e em Administração Pública (Fundação Getúlio Vargas-RJ), trabalha no Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região - RJ e, atualmente, é aluno de Teologia no Instituto Teológico Franciscano - ITF, em Petrópolis-RJ. Administra o site www.lisaac.blog.br e a página Sementes de vida: É tempo de semear, no Facebook.

set 30

LEIA O EVANGELHO DE HOJE, CLICANDO AQUI!

BÍBLIA NOVÍSSIMA

QUARTA-FEIRA, 30 DE SETEMBRO DE 2015 –

26ª Semana Tempo Comum –

Evangelho - Lc 9,57-62 –

Eu te seguirei para onde quer que fores –

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 9,57-62 –

Naquele tempo: 

57 Enquanto estavam caminhando, alguém na estrada disse a Jesus: 'Eu te seguirei para onde quer que fores.' 58 Jesus lhe respondeu: 'As raposas têm tocas e os pássaros têm ninhos; mas o Filho do Homem não tem onde repousar a cabeça.' 59 Jesus disse a outro: 'Segue-me.' Este respondeu: 'Deixa-me primeiro ir enterrar meu pai.' 60 Jesus respondeu: 'Deixa que os mortos enterrem os seus mortos; mas tu, vai anunciar o Reino de Deus.' 61 Um outro ainda lhe disse: 'Eu te seguirei, Senhor, mas deixa-me primeiro despedir-me dos meus familiares.' 62 Jesus, porém, respondeu-lhe: 'Quem põe a mão no arado e olha para trás, não está apto para o Reino de Deus.' 

Palavra da Salvação!

 

Fonte: http://liturgiadiaria.cnbb.org.br/app/user/user/UserView.php?ano=2015&mes=7&dia=27  

set 30

LITURGIA DA PALAVRA: UM CAMINHO PARA A VIDA

Eucharist, sacrament of communion

LEITURAS SUGERIDAS PARA HOJE – QUARTA-FEIRA – 30/SET/2015 –

1ª Leitura - Ne 2,1-8 Salmo - Sl 136,1-2. 3. 4-5. 6 (R. 6a) Evangelho - Lc 9,57-62 Reflexão - Lc 9, 57-62

set 29

PALAVRA DE VIDA

UMA VIDA NO DESERTO

Salmos - Capítulo 26

1De Davi. O Senhor é minha luz e minha salvação, a quem temerei? O Senhor é o protetor de minha vida, de quem terei medo?2Quando os malvados me atacam para me devorar vivo, são eles, meus adversários e inimigos, que resvalam e caem.3Se todo um exército se acampar contra mim, não temerá meu coração. Se se travar contra mim uma batalha, mesmo assim terei confiança.4Uma só coisa peço ao Senhor e a peço incessantemente: é habitar na casa do Senhor todos os dias de minha vida, para admirar aí a beleza do Senhor e contemplar o seu santuário.5Assim, no dia mau ele me esconderá na sua tenda, ocultar-me-á no recôndito de seu tabernáculo, sobre um rochedo me erguerá.6Mas desde agora ele levanta a minha cabeça acima dos inimigos que me cercam; e oferecerei no tabernáculo sacrifícios de regozijo, com cantos e louvores ao Senhor.7Escutai, Senhor, a voz de minha oração, tende piedade de mim e ouvi-me.8Fala-vos meu coração, minha face vos busca; a vossa face, ó Senhor, eu a procuro.9Não escondais de mim vosso semblante, não afasteis com ira o vosso servo. Vós sois o meu amparo, não me rejeiteis. Nem me abandoneis, ó Deus, meu Salvador.10Se meu pai e minha mãe me abandonarem, o Senhor me acolherá.11Ensinai-me, Senhor, vosso caminho; por causa dos adversários, guiai-me pela senda reta.12Não me abandoneis à mercê dos inimigos, contra mim se ergueram violentos e falsos testemunhos.13Sei que verei os benefícios do Senhor na terra dos vivos!14Espera no Senhor e sê forte! Fortifique-se o teu coração e espera no Senhor!

 

set 29

LEIA O EVANGELHO DE HOJE, CLICANDO AQUI!

BÍBLIA NOVÍSSIMA

TERÇA-FEIRA, 29 DE SETEMBRO DE 2015 –

São Miguel, São Gabriel e São Rafael, Arcanjos. Festa –

Evangelho - Jo 1, 47-51 –

Vereis o céu aberto e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do Homem –

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 1, 47-51 –

Naquele tempo:

47 Jesus viu Natanael que vinha para ele e comentou: "Aí vem um israelita de verdade, um homem sem falsidade". 48 Natanael perguntou: "De onde me conheces?" Jesus respondeu: "Antes que Filipe te chamasse, enquanto estavas debaixo da figueira, eu te vi". 49 Natanael respondeu: "Rabi, tu és o Filho de Deus, tu és o Rei de Israel". 50 Jesus disse: "Tu crês porque te disse: Eu te vi debaixo da figueira? Coisas maiores que esta verás!" 51 E Jesus continuou: "Em verdade, em verdade, eu vos digo: Vereis o céu aberto e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do Homem".

Palavra da Salvação!

 

Fonte: http://liturgiadiaria.cnbb.org.br/app/user/user/UserView.php?ano=2015&mes=7&dia=27  

set 29

LITURGIA DA PALAVRA: UM CAMINHO PARA A VIDA

Eucharist, sacrament of communion

LEITURAS SUGERIDAS PARA HOJE – TERÇA-FEIRA – 29/SET/2015 –

1ª Leitura - Dn 7,9-10.13-14 Salmo - Sl 137(138),1-2a.2bc-3.4-5 (R. 1c) Evangelho - Jo 1,47-51 Reflexão - Jo 1, 47-51

set 28

TODOS DEVEMOS FAZER O BEM!

QUEM NÃO É CONTRA

QUEM NÃO É CONTRA NÓS, É A NOSSO FAVOR

*Por Luiz Antonio de Moura

                  O Evangelista Marcos narra um episódio bastante interessante da caminhada de Jesus, no cumprimento da sua missão salvífica: conta que depois de ensinar aos discípulos sobre o que deve fazer quem quer ser o maior, usando como exemplo um simples menino, Jesus ouve João dizer: “Mestre, vimos alguém, que não nos segue, expulsar demônios em teu nome, e lho proibimos” (Mc 9, 38).

                        Ao ouvirmos esta narrativa ficamos um pouco surpresos com a atitude de João, mas, num primeiro momento até lhe damos razão. Afinal, quem não anda com Jesus, em tese, não pode agir em seu nome. Este, inclusive, é o modo seguido até os dias de hoje por diversos fieis cristãos que, apegados às suas crenças e às suas denominações religiosas, pensam que, quem não lhes segue ou não compartilha da sua profissão de fé, está perdido e, consequentemente, condenado.

                        Porém, para a surpresa dos adeptos de João, Jesus imediatamente reprova aquela atitude, dizendo: “Não lho proibais, porque não há ninguém que faça prodígio em meu nome e em seguida possa falar mal de mim. Pois quem não é contra nós, é a nosso favor” (Mc 9, 39-40).

                        Jesus tem um motivo muito claro ao reprovar a atitude de João: Ele quer demonstrar para todos os seus seguidores, de todos os tempos, que o importante é fazer o bem ao próximo, sendo desnecessário estar vinculado a este ou àquele grupo; a este ou àquele líder religioso. O que importa é curar, o corpo e a alma, é expulsar os demônios dos corações dos homens; é levar uma Palavra nova de esperança, de fé e de reconstrução da vida do outro.

                        A lição deve ser seguida por muitos que, nos dias de hoje, reprovam aqueles que não seguem os seus passos, pensamentos e convicções. É preciso compreender, e exercitar, que a prática do bem não tem religião, tempo ou nacionalidade. Ou seja, não tem limites! Fazer o bem, cuidar do outro é um dever de todos nós, filhos e filhas de Deus. E, desta forma, encontraremos em Jesus a necessária acolhida, pois, Ele sempre dirá: “Quem não é contra nós, é a nosso favor”.

                       Quantos homens e mulheres que conhecemos, que não estão vinculados a qualquer instituição religiosa, mas que, nos limites de suas possibilidades – a às vezes até ultrapassando esses limites – trabalham em função dos mais pobres, dos necessitados, dos doentes e dos excluídos?  Quantas vezes olhamos para estas pessoas e, justamente por não estarem vinculadas a nada e a ninguém, pensamos que estão perdidas diante de Deus porque, ao nosso ver, para a salvação, só existe o caminho que estamos seguindo?

                       Antes de fazermos tais juízos, precisamos reler a narrativa do Evangelista Marcos e refletir sobre a mensagem de Jesus, que vale à pena repetir: “Quem não é contra nós, é a nosso favor”. Esse “a nosso favor”, quer dizer, a favor da causa que defendemos e, se defendemos fazer o bem, em nome de Jesus, devemos admitir que qualquer um possa fazê-lo. Até porque, como Ele próprio lembrou, quem age em Seu nome não falará mal Dele depois. Façamos uma profunda reflexão sobre esta passagem do Evangelho e sobre o nosso modo de agir diante de situações semelhantes às vividas por João.

               Juntemo-nos a todos aqueles que pregam e que fazem o bem, e seremos contados entre os filhos e as filhas de Deus, que não faz qualquer acepção de pessoas.

set 28

SALA DA ORAÇÃO SEMANAL

LOUVOR A DEUS

ORAÇÃO SEMANAL –

SEMANA DE 28 DE SETEMBRO A 04 DE OUTUBRO-

                 Nesta última semana do mês de setembro, já iniciando o mês de outubro, estamos orando com o salmista, elevando a Deus nossos louvores e nossas esperanças na sempre presente misericórdia divina. Agradeçamos por nossas vidas e peçamos pela salvação das nossas almas. Estão conosco, nesta sala de orações:

    ORAÇÃO DA MANHÃ DO HOMEM SEDENTO DE DEUS

    (Salmo 62)

     

    Ó Deus, vós sois o meu Deus, com ardor vos procuro.

    Minha alma está sedenta de vós, e minha carne por vós anseia,

    como a terra árida e sequiosa, sem água. Quero vos contemplar no santuário, para ver vosso poder e vossa glória.

    Porque vossa graça me é mais preciosa do que a vida,

    meus lábios entoarão vossos louvores. Assim vos bendirei em toda a minha vida;

    com minhas mãos erguidas vosso nome adorarei.

    Minha alma saciada como de fino manjar, com exultante alegria meus lábios vos louvarão.

    Quando, no leito, me vem vossa lembrança, passo a noite toda pensando em vós.

    Porque vós sois o meu apoio,

    exulto de alegria, à sombra de vossas asas. Minha alma está unida a vós, sustenta-me a vossa destra.

    Quanto aos que me procuram perder, cairão nas profundezas dos abismos, serão passados a fio de espada,

    e se tornarão o pasto dos chacais.

    O rei, porém, se alegrará em Deus.

    Será glorificado todo o que jurar pelo seu nome,

    enquanto aos mentirosos lhes será tapada a boca.

     

    set 28

    LEIA O EVANGELHO DE HOJE, CLICANDO AQUI!

    BÍBLIA NOVÍSSIMA

    SEGUNDA-FEIRA, 28 DE SETEMBRO DE 2015 – 26ª Semana Tempo Comum – Evangelho - Lc 9,46-50 –

    Aquele que entre todos vós for o menor, esse é o maior –

    † Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 9,46-50 –

    Naquele tempo:

    46 Houve entre os discípulos uma discussão, para saber qual deles seria o maior. 47 Jesus sabia o que estavam pensando. Pegou então uma criança, colocou-a junto de si 48 e disse-lhes: 'Quem receber esta criança em meu nome, estará recebendo a mim. E quem me receber, estará recebendo aquele que me enviou. Pois aquele que entre todos vós for o menor, esse é o maior.' 49 João disse a Jesus: 'Mestre, vimos um homem que expulsa demônios em teu nome. Mas nós o proibimos, porque não anda conosco.' 50 Jesus disse-lhe: 'Não o proibais, pois quem não está contra vós, está a vosso favor.'

    Palavra da Salvação!

    Fonte: http://liturgiadiaria.cnbb.org.br/app/user/user/UserView.php?ano=2015&mes=7&dia=27

    set 28

    LITURGIA DA PALAVRA: UM CAMINHO PARA A VIDA

    Eucharist, sacrament of communion

    LEITURAS SUGERIDAS PARA HOJE – SEGUNDA-FEIRA – 28/SET/2015 –

    1ª Leitura - Zc 8,1-8 Salmo - Sl 101, 16-18. 19-21. 29.22-23 (R. 17) Evangelho - Lc 9,46-50 Reflexão - Lc 9, 46-50

    Posts mais antigos «

    Apoio: